Rota dos Ventos

 
Skip Navigation Links
Internacionais
Nacionais
Hotéis Online
Passagens Aéreas
Cruzeiros
Grandes Hotéis

BONITO & PANTANAL - 8 dias / 7 noites

Bonito não seria completo sem antes fazer os passeios no Pantanal. A aventura selvagem que você procura reunidos em apenas um lugar. Se encante com as mais lindas fontes naturais e as magníficas águas azuis com uma fauna completamente exótica!

O que está incluso:

• Passagem aérea: São Paulo / Bonito;
• Passagem aérea: Bonito / São Paulo;
• 7 Diárias de Hotel com Café da Manhã;  
• Traslado Aeroporto / Hotel / Aeroporto + Praia da Figueira (Esse passeio é realizado no 1º dia) + Flutuação no Rio Sucuri + Bote no Rio Formoso + Gruta do Lago Azul (Ingressos e transportes inclusos).

COMPRAS

Shopping / Feiras
O artesanato é forte não apenas em Bonito, mas também em todo Estado do Mato Grosso do Sul. A Rua Pilad Rebuá oferece diversas opções com os produtos tão tradicionais na região, como cestos e redes. 


DISTÂNCIAS

Principais Capitais:

• Belo Horizonte - MG - 1.787 Km 
• Brasília - DF - 1.464 Km 
• Curitiba - PR - 1.047 Km 
• Florianópolis - SC - 1.454 Km 
• Fortaleza - CE - 3.677 Km 
• Porto Alegre - RS - 1.754 Km 
• Rio de Janeiro - RJ - 1.599 Km 
• Salvador - BA - 2.898 Km
• São Paulo - SP - 1.170 Km 


O DESTINO 

Folclore e Cultura

A cultura bonitense é espelhada na cultura popular do Mato Grosso, ou seja, fundamentada na miscigenação entre índios, negros e brancos. Porém, em Mato Grosso a cultura desenvolvida com primor foi a que os negros trouxeram da África e a herdada dos antepassados indígenas, como o artesanato e muitos pratos típicos da região. 

História
Em meados do século XIX, o Capitão Luiz da Costa Leite Falcão, conhecido também por ser o pioneiro em explorar a fundo o território de Bonito, iniciou a história do município ao adquirir a Fazenda Rincão Bonito e cessar de vez a circulação de colonizadores espanhóis pelas redondezas. Denominação esta que demorou quase um século inteiro para que a cidade de Bonito fosse reconhecida como tal. Em 1948, após Lei Estadual, Bonito ficou conhecido como município de distrito único. A exploração turística das grutas, cachoeiras, lagos e trilhas faz com que a modesta população de quase 20.000 habitantes em Bonito chegue a triplicar durante a alta temporada, e graças aos constantes esforços da prefeitura, ONGs e empresas para manter o ambiente afastado da degradação da natureza, Bonito se destaca como um dos mais bonitos lugares ecoturísticos do Brasil para se conhecer. 

Quando ir e não ir
A época de chuvas corresponde aos meses entre novembro e março, mas é a época que Bonito se vê com muitos turistas também. Chuva não costuma ser problema em um lugar onde muitas atrações envolvem água. Mas se for empecilho para alguém, os meses entre maio e dezembro oferecem, além dos dias de sol e chuvas bem escassas, a melhor vista para quem gosta de mergulhar.


"Nossos roteiros foram elaborados e pensados com carinho buscando proporcionar a melhor experiência durante sua viagem. 

Porém, você sempre terá liberdade para modificar, incluir e excluir qualquer item do pacote.
Aproveite como base este roteiro que estamos sugerindo e monte o seu pacote personalizado. Acrescente destinos, escolha seu hotel, sua cia aérea, seu carro."

Aqui na Rota Dos Ventos a viagem é sempre sua! Desfrute!

Day by Day


1º Dia - Chegada a Bonito
Chegando a Bonito, comparecer a Agência Ar, para entrega dos vouchers (ingressos para passeios), explicações necessárias e check in no hotel escolhido.

• 2º Dia – Gruta do Lago Azul, Grutas de São Miguel e Passeio de Bote.
Gruta do Lago Azul – Após percorrer uma breve trilha na mata se chega a entrada da caverna. Dentro dela é possível observar formações esplêndidas de espeleotemas,  durante todo o percurso que levará até um belíssimo espelho d’água, com mais de 80m de profundidade. 
Grutas de São Miguel – O acesso as grutas é feito parte por uma trilha suspensa, que permite caminhar por entre as copas das árvores, levando o visitante até a gruta principal, onde existe uma rica variedade de espeleotemas e outras formações calcárias. Ao longo do passeio, o visitante conhecerá estalactites, estalagmites, travertinos, coralóides e pérolas, além da possibilidade de ver a coruja suidara. 
Passeio de Bote - Realizado em botes infláveis por um dos principais rios da região, num percurso de 6 Km, passando por três cachoeiras e duas corredeiras com uma parada para banho de aprox. 20 min. Durante o percurso tem-se a oportunidade de contemplar a fauna e flora às margens do rio até o desembarque na Ilha do Padre, onde o turista pode usufruir da infra-estrutura do local que possui vários decks e cachoeiras para banho, além de sanitários, vestiário, bar, lanchonete e restaurante. A Lua Cheia traz a emoção do passeio de Bote Noturno, onde é possível ouvir e focar animais de hábitos noturnos. O passeio de bote é ideal para todas as idades. Colete salva-vidas está incluso no valor. Obs: não recomendável para crianças menores de 4 anos.  
 
• 3º Dia – Rio Sucuri (Flutuação + Refeição + Cavalgada ou Bike)
Passeio no Rio Sucuri - O passeio começa com uma agradável caminhada pela mata ciliar, em trilha interpretativa, que permite observar uma fauna e flora muito diversificada. Este percurso inclui a visita à nascente do Rio Sucuri. Ao final da trilha inicia-se a flutuação. Em todo o percurso há um barco de apoio acompanhando o grupo. No valor deste já estão inclusos todos os equipamento necessários para a realização do mesmo. No almoço é servido uma grande variedade de saladas e pratos típicos, como arroz carreteiro, sopa paraguaia, peixes, doces e queijos caseiros. A cavalgada tem a duração de aproximadamente 3 horas, vendo paisagens diversificadas como campos de pastagens, matas fechadas, lagoas e morros. No meio do caminho há uma parada para descanso e um refrescante banho nas águas cristalinas do Rio Formoso.
 
4º Dia – Boca da Onça (Trilha + Refeição) 
Boca da Onça (trilha + refeição) - O passeio é composto de uma caminhada por trilha pela mata preservada, passando por mais de dez cachoeiras cristalinas, pelo cênico Rio Salobra e por pontos de banho em piscinas naturais. 
Até chegar a indescritível cachoeira Boca da Onça com 156m, a maior do Mato Grosso do Sul.  
Inclusive nadando no Rio Salobra e na cachoeira da fonte.  
Um trekking para quem é amante da natureza e gosta de apreciar belas paisagens, mas quem não quer caminhar tanto tem a opção de fazer parte do passeio em camionete 4x4. 
No retorno à sede um delicioso almoço típico, enquanto curte um belíssimo receptivo ou nada entre os peixes numa piscina com dourados, pintados e piraputangas.  
Após o passeio, saída para a Fazenda Santa Cruz. Jantar e Pernoite.
 
5º Dia – Atividades na fazenda 
Jantar Pernoite 

6º Dia – Saída da fazenda Santa Cruz com destino a Faz. Santa Inês. 
Atividades na fazenda; 
 Jantar Pernoite
 
• 7º Dia – Saída da Fazenda Santa Inês, com destino a Fazenda Baía Grande. 
À noite Focagem Noturna de Animais Silvestres na Fazenda San Francisco.

• 8º Dia – Retorno para a cidade de origem. 
Aquário Natural. Balneário Municipal. Buraco das Araras. Circuito Arvorismo. Gruta do Lago Azul. Parque das Cachoeiras. Pássaro Alaranjado. Praia da Figueira. Rio da Prata. Tamanduá. Tucano. Arara-azul. Arara-vermelha.
Rota dos Ventos
Rua Loefgren, 1.291 - Cj. 14 - Santa Cruz - São Paulo - SP
(11) 5081 6166 | 3578 4284
Desenvolvimento
Arank - Sites corporativos